Categorias
TecnologiaInovaçãoGestãoJurídicoTodos
Tags
Agro Agronegócio Agropecuária Agricultura Pecuária Laranja Citrus Junqueira Rodas Campo Rural Inovação Tecnologia Reconhecimento Facial Aplicativo Celular App Forasteragro
No lugar da análise biométrica, funcionários são ‘escaneados’ facialmente registrando sua presença na empresa por meio de um aplicativo no celular

Preocupada em garantir a integridade do seu time, evitar aglomerações e diminuir ao máximo o contato com superfícies, mesmo que higienizadas com frequência, o Grupo Junqueira Rodas, um dos maiores produtores de laranja do estado de São Paulo, acaba de implantar em suas 12 unidades produtivas o ponto facial, em que o funcionário registra sua presença na empresa, por meio de um aplicativo no celular.

Não é necessária mais a análise biométrica, nem assinatura em livro-ponto. Na chegada e saída para o trabalho, bem como nas paradas para descanso, os funcionários em fila, respeitando a distância de 1,5 metro, são ‘escaneados’ facialmente. O aparelho registra a presença imediatamente e informa ao departamento de Recursos Humanos da empresa.

A novidade foi adotada para todos os funcionários que trabalham na área agrícola. Os do administrativo, que seguem em home office, registram o ponto virtualmente, também por um aplicativo, no início e no final de cada jornada.



Na chegada e saída para o trabalho, bem como nas paradas para descanso, os funcionários em fila, respeitando a distância de 1,5 metro, são ‘escaneados’ facialmente. Foto: Divulgação

“Nossa preocupação e compromisso com o time é o mais importante para a empresa nesse momento de pandemia. Também implantamos um comitê de gerenciamento de coronavírus, com diretores, gerentes, coordenadores e líderes, com reuniões semanais, sempre com foco em estabelecer as melhores diretrizes para preservar a saúde da equipe”, afirma a CEO da empresa, Sarita Junqueira Rodas.

Outras estratégias

Outras estratégias da empresa frente à pandemia foram a desinfecção diária e após todas as viagens de veículos de transporte de funcionários, nova disposição em ônibus e van de forma a garantir a distância entre os colaboradores, restrição de visitas e entregas nas propriedades, distribuição de máscaras a todos os funcionários e reforço na comunicação com o grupo.

“Todos os dias, os funcionários participam de uma DDS, que é o diálogo diário de segurança, em que recebem orientações diárias e reforço das ações de prevenção. Também mantemos dois canais internos de comunicação, com mensagens via WhatsApp e Fluig, um aplicativo que utilizamos administrativamente, tudo para mantê-los informados de como prevenir a si mesmos e seus familiares, e as condutas que devem ser adotadas dentro da empresa”, explica o diretor de Recursos Humanos, Vagner Silva.

A empresa também aderiu a reuniões por videoconferência e distribui insumos para limpeza e desinfecção de ambientes em todas as unidades.

“Somos de um dos segmentos mais importantes para o Brasil neste momento, o agro. Não podemos parar, nem deixar o agro ficar doente, por isso a atenção e seriedade nas ações para evitar a transmissão do coronavírus”, conclui Sarita.

Por Grupo Junqueira Rodas

Fonte: A Lavoura

Jurídico, Gestão, Inovação e Tecnologia são os quatro pilares de consultoria no Agronegócio da Foraster Agrointeligência

Confiram em Foraster.com.br

Reconhecimento Facial é Usado no Campo Como Medida Contra o Coronavírus

No lugar da análise biométrica, funcionários são ‘escaneados’ facialmente registrando sua presença na empresa por meio de um aplicativo no celular

Preocupada em garantir a integridade do seu time, evitar aglomerações e diminuir ao máximo o contato com superfícies, mesmo que higienizadas com frequência, o Grupo Junqueira Rodas, um dos maiores produtores de laranja do estado de São Paulo, acaba de implantar em suas 12 unidades produtivas o ponto facial, em que o funcionário registra sua presença na empresa, por meio de um aplicativo no celular.

Não é necessária mais a análise biométrica, nem assinatura em livro-ponto. Na chegada e saída para o trabalho, bem como nas paradas para descanso, os funcionários em fila, respeitando a distância de 1,5 metro, são ‘escaneados’ facialmente. O aparelho registra a presença imediatamente e informa ao departamento de Recursos Humanos da empresa.

A novidade foi adotada para todos os funcionários que trabalham na área agrícola. Os do administrativo, que seguem em home office, registram o ponto virtualmente, também por um aplicativo, no início e no final de cada jornada.

Na chegada e saída para o trabalho, bem como nas paradas para descanso, os funcionários em fila, respeitando a distância de 1,5 metro, são ‘escaneados’ facialmente. Foto: Divulgação

“Nossa preocupação e compromisso com o time é o mais importante para a empresa nesse momento de pandemia. Também implantamos um comitê de gerenciamento de coronavírus, com diretores, gerentes, coordenadores e líderes, com reuniões semanais, sempre com foco em estabelecer as melhores diretrizes para preservar a saúde da equipe”, afirma a CEO da empresa, Sarita Junqueira Rodas.

Outras estratégias

Outras estratégias da empresa frente à pandemia foram a desinfecção diária e após todas as viagens de veículos de transporte de funcionários, nova disposição em ônibus e van de forma a garantir a distância entre os colaboradores, restrição de visitas e entregas nas propriedades, distribuição de máscaras a todos os funcionários e reforço na comunicação com o grupo.

“Todos os dias, os funcionários participam de uma DDS, que é o diálogo diário de segurança, em que recebem orientações diárias e reforço das ações de prevenção. Também mantemos dois canais internos de comunicação, com mensagens via WhatsApp e Fluig, um aplicativo que utilizamos administrativamente, tudo para mantê-los informados de como prevenir a si mesmos e seus familiares, e as condutas que devem ser adotadas dentro da empresa”, explica o diretor de Recursos Humanos, Vagner Silva.

A empresa também aderiu a reuniões por videoconferência e distribui insumos para limpeza e desinfecção de ambientes em todas as unidades.

“Somos de um dos segmentos mais importantes para o Brasil neste momento, o agro. Não podemos parar, nem deixar o agro ficar doente, por isso a atenção e seriedade nas ações para evitar a transmissão do coronavírus”, conclui Sarita.

Por Grupo Junqueira Rodas

Fonte: A Lavoura

Jurídico, Gestão, Inovação e Tecnologia são os quatro pilares de consultoria no Agronegócio da Foraster Agrointeligência

Confiram em Foraster.com.br

Logotipo

E-mail: [email protected]
WhatsApp: 44 99963 7585

Nome é obrigatório.
E-mail é obrigatório.
Telefone é obrigatório.
Assunto é obrigatório.
Mensagem é obrigatória.
Captcha é obrigatório.